5 coisas que você nem imagina, estão te dando estrias!

As estrias incomodam as mulheres em todas as etapas de sua vida, começando pela adolescência. Elas são causadas por diversos fatores externos que levam a um estiramento da pele.

No início, podem ser tratadas e até mesmo eliminadas, mas ao passar do tempo, sem o tratamento adequado, elas se tornam permanentes e o que resta a fazer é optar por um tratamento que impeça que outras estrias apareçam. Para conhecer mais sobre as estrias, suas causas e tratamentos, leia a seguir.

Tipos de estrias

As estrias nada mais são do que cicatrizes formadas quando há um estiramento da pele. Esse estiramento, por sua vez, ocorre quando há a destruição das fibras elásticas e colágenas, causada pelo aumento corporal. As linhas das estrias são formadas devido a diminuição da espessura da derme e, no início, ainda não são consideradas cicatrizes completamente.

5 coisas que você nem imagina, estão te dando estrias! Imagem:divulgação

Esse nome ‘cicatriz’ se dá quando a estria alcança uma cor esbranquiçada, o que quer dizer que ela já está há um tempo na pele, não recebeu o tratamento adequado e se tornou uma cicatriz. Estrias vermelhas. No início, a estria possui uma cor arroxeada que a torna nova e facilmente tratável.

Acesse e saiba mais informações: Perca já 10 kg em 10 dias!

Principais causas das estrias

O estiramento que dá origem a estria é causado pelo aumento do volume corporal. Esse aumento de volume pode se dar por diferentes motivos, como gravidez, aumento de peso, uso de anabolizantes, uso de estrógeno e hormônios adrenocorticais, ou ainda se você usufruir de um tratamento prolongado com corticoides.

tirar estrias

5 coisas que você nem imagina, estão te dando estrias! Imagem:divulgação

As estrias também são causadas, por exemplo, por uma má alimentação. Quase tudo influencia, assim como o período menstrual, o seu dia a dia e a realização de atividades físicas. É essencial estar atento a todos esses fatores e tentar evita-los, porque melhor do que tratar, é remediar as estrias.

5 coisas que causam estrias

Além dos fatores que mencionamos anteriormente, as estrias também podem ser causadas por outras coisas, como falaremos agora. Uma delas é o uso excessivo de álcool, pois esta substância faz com que o corpo produza altas quantidades de radicais livres que acabam danificando as células.

A baixa ingestão de líquidos também é outro fator, devido ao fato de que aqueles que bebem menos água correm mais risco de desenvolver problemas de circulação, o que irá causar retenção de líquidos e lesões na pele.

A predisposição genética, assim como causas hereditárias também influenciam. Aqueles que tiverem propensão à obesidade e baixa concentração de colágeno na pele podem sofrer com as estrias. Por último, destacamos o crescimento rápido, causado principalmente pela hipertrofia muscular.

Acesse e saiba mais informações: Dicas para cabelos saudáveis: conheça as melhores!

Tratamento caseiro para estrias

Possuem diferentes tipos de tratamentos para as estrias, sendo a maioria deles indicado para quando ela ainda possui a cor arroxeada, para que possa ser eliminada por completa. A outra parte dos tratamentos é destinada para as estrias esbranquiçadas, com o objetivo de tentar diminuir sua aparência e evitar que novas estrias apareçam.

Entre os tratamentos caseiros para estrias disponíveis, destacamos um que pode ser usado nas pernas, barriga, glúteos e mamas. Para prepara-lo você irá precisar de:

  • – 1 tubo de Hipoglós
  • – 1 frasco de óleo de amêndoas
  • – 1 creme Nívea
  • – 1 ampola de Arovit

Misture todos os ingredientes e coloque-os em um recipiente limpo e fechado. Coloque o recipiente na geladeira e comece a usá-lo no dia seguinte. Ele pode ser usado diariamente em todos os locais afetados por estrias.

Tratamentos dermatológicos realizados em clínicas: infravermelho, peeling, aplicação de ácidos, microdermoabrasão, subcisão, laser não-ablativo, laser ablativo e fracionado, entre outros. Converse com um profissional para que ele avalie suas estrias e indique o melhor tratamento.

Recomendados para você:

Comments are closed.